O Galo canta

Patrimônio Vivo de Pernambuco desde 2011, o mestre do coco e das emboladas Galo Preto lança seu primeiro disco aos 81 anos de idade, numa iniciativa da Itaú Cultural. 
Nascido  em Bom Conselho, aos 08 anos de idade ele já fazia rimas, imitando os emboladores da região. No auge da carreira, na década de 70, participou de consagrados programas de TV – Silvio Santos, Chacrinha, Flavio Cavalcanti, cantou com Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Arlindo dos 8 Baixos, tornando-se um artista mais conhecido nacionalmente.  
“Historias que andei” é o titulo do disco, que reúne 12 composições do musico,  com arranjos de pandeiro e sanfona. É um registro do coco trava-língua, uma tradição da cultura popular pernambucana, na qual Galo Preto é um autentico mestre.

Comentários