Assisão uma lenda viva da música do Pajeú

Francisco de Assis Nogueira, com o pseudônimo de Assisão, é natural de Serra Talhada. Cidade localizada no interior de Pernambuco, conhecida como capital do xaxado. 

Assisão foi mandado para o Recife ainda muito jovem para estudar medicina mais não sentiu interesse pela profissão, regressando assim para sua terra natal para investir em seu sonho. Ainda jovem fez parte do grupo musical “Azes do Baião”, onde cantava e compunha. Seu primeiro compacto foi gravado na Rozenblit, em 1962, com quatro músicas de sua autoria. Sua fama como compositor antecedeu a de cantor. 

Em 1975, o Trio Nordestino emplacou dois grandes sucessos com Forró pesado e Esquenta moreninha, o que levou os concorrentes dos Três do Nordeste a recorrer ao talento do pernambucano no ano seguinte. No LP Forró pra juventude, de 1976, cinco das 13 faixas são assinadas por Assisão.

Entre o compacto duplo na Rozenblit e o primeiro LP se passaram 15 anos. Sua fama como compositor levou a extinta Beverly a lançá-lo nacionalmente no álbum Faz e Diz, um disco todo autoral. 

Apesar de não morar no eixo Rio - São Paulo, Assisão teve discos lançados pelas maiores gravadoras do país: RCA e EMI, e as extintas Copacabana, Chantecler e Continental. Até agora foram 48 discos. Com o recorde de 300 mil do LP Pau Nas Coisas. Só a música “Pequenininha” tem mais 250 regravações.

Elba, Trio Virgolino, Frank Aguiar e Aviões do Forró entre outros artistas nacionais foram alguns dos nomes que gravaram seus sucessos. Atualmente conta por volta de 700 músicas de sua própria autoria, Em 2012 foi lançado o DVD Assisão ao vivo 50 anos de forró reunindo seus maiores sucessos.

Dentre suas influências musicais destacam-se o maestro João Paulino que era seu familiar e muitos outros integrantes da sua família, que se responsabilizavam pelas festividades realizadas no sítio São Miguel. Local de grande movimentação cultural onde Assisão cresceu e morou por muitos anos, o lugar foi marco de acontecimentos históricos de Serra Talhada. 

Assisão recebeu diversos prêmios e homenagens ao passar do tempo, dentre eles se destacam seus quatro discos de ouro e um de prata, o Troféu Gonzagão de 2011 edição Marinês e o Troféu Asa Branca de 2009 pela dedicação as tradições culturais. Homenageado na Festa do padroeiro da cidade de Iguaracy , homenageado em 2012 na festa da padroeira de Serra Talhada, homenageado pela Universidade Federal Rural de Pernambucano Unidade Acadêmica de Serra Talhada pelos seus 50 anos de carreira e sua contribuição para música brasileira.


Arcoverde 
Assisão faz apresentações em Arcoverde a alguns anos seja no São João da cidade ou em eventos particulares. Suas apresentações sempre lotaram praças e clubes da cidade sendo sempre muito prestigiado por todos seus moradores. 

Campina grande 
Já colocou mais de 70.000 pessoas em um show em Campina Grande –PB, participa da comemoração do “Maior São João do Mundo’’ a 30 anos consecutivamente nessa grande cidade.

Serra Talhada
Assisão nunca deixou sua cidade natal onde já foi diversas vezes homenageado a última foi na festa da padroeira da cidade Nossa Senhora da Penha a “Festa de Setembro” no ano de 2012 no qual completará seus 50 anos de carreira, uma honra para poucos ser homenageado ainda em vida pelo seu trabalho e a contribuição para cultura nordestina.

O sítio onde cresceu São Miguel tem grande importância para cultura na cidade lá e um polo de eventos no período do São João e pela cultura de vaquejada onde são realizados eventos desse tipo durante todo ano. Destaca-se ainda por ter sido palco do passado histórico da cidade lá e onde reside as ruinas da casa de outro filho ilustre de Serra Talhada Virgulino Ferreira da Silva o “Lampião” figura de grande destaque para o povo do Nordeste e o Brasil no século passado, o próprio Assisão é parente dos primeiros inimigos de Lampião. 

São Paulo
Assisão lotou muitas vezes os grandes salões de festa da cidade, até hoje conhecido por lá como o ‘Rei do Salão’. 

Projeto “Forro e coisa Nossa”

Assisão e um ícone do forro tradicional o forro pé de serra, mais com o passar dos anos viu seu gênero musical perder espaço no mercado para novas tendências e modismos. Embora Assisão tenha inovado no início dos anos 90 incluindo no seu show instrumentos musicais mais arrojados como guitarra, baixo, bateria, além dos já tradicionais triangulo, sanfona e zabumba, essa nova adaptação foi um advento para o forró tradicional. 

Atualmente o forró está muito diversificado onde em sua grande maioria em nada lembra o forró tradicional de sala de reboco, pé de serra, o baião o xote o xaxado. A mudança dos tempos o passar das gerações e inevitável mais a valorização de suas matrizes e imprescindível para manter a cultura de um povo viva.

O projeto forró e coisa nossa vem com a proposta de apresenta para as novas gerações o quanto era divertido era prazeroso o forró de tempos atrás o qual sacudiu e balançou seus pais. Mostrar que pode-se se divertir dançado e cantando coisas simples que ficaram esquecidas ou foram banalizadas pela vida moderna.

Comentários