Pernambuco perde mais um grande sanfoneiro

Silveirinha faleceu na última terça-feira (29) com complicações no pulmão. Sanfoneiro deixou uma grande trajetória artística
O cantor e sanfoneiro Severino Bezerra da Silva, nasceu na Cidade de Itambé, fronteira entre Pernambuco e Paraíba, filho de sanfoneiro e violeiro, herdou do mestre Pai o dom de tocar, e o acordeon sempre foi o instrumento predileto.

Foi batizado por ninguém menos do que Dominguinhos como Silveirinha, onde construiu uma grande amizade, chegando a tocar em vários shows com o sanfoneiro. Acompanhou também o grupo Cascabulho, Jorge de Altinho, Genival Lacerda, entre outros.

Além de tocar com grandes interpretes, o artista produzia CDs de outros cantores, colocando sanfona em várias gravações. Trabalhou também com o compositor já falecido João Silva, onde tinha uma grande amizade.

Silveirinha também tinha sua banda, onde emplacou vários sucessos. Subiu no palco de grandes shows e festivais levando o som da sanfona no ritmo do forró nordestino.

Sanfoneiro deixou uma discografia de cinco CDs gravados e um DVD.







Comentários