Casaca de couro: sucesso além das terras sergipanas

Banda é referência no cenário da música local e regional
Com o nome de criação inspirado na música de Jackson do Pandeiro, a banda sergipana Casaca de Couro é uma das grandes referências locais quando o assunto é forró.

Criada em março de 1998, o grupo já participou de shows e festivais nos estados da Bahia, Paraíba, Alagoas e, claro, Sergipe. “O mercado do forró mudou muito nos últimos anos, mas nossa intenção, desde o início, foi de proporcionar ao público o ritmo de raiz. Trazer o coco, o xote, o baião, a marcha. E tem dado certo. O público gosta do forró de raiz”, explica o vocalista Joaquim Ferreira.

Em dezesseis anos de estrada, já foram seis prêmios. Dentre eles, dois consecutivos de melhor banda de forró de Sergipe. “Esse reconhecimento é muito gratificante porque a música ainda é um ramo profissional muito difícil no nosso país. Trabalhamos muito e, muitas vezes, não há reconhecimento. No entanto, a persistência deve sempre se fazer presente”, explica o músico.
Sobre a maior participação de bandas sergipanas nos eventos locais, a exemplo do Forró Caju, Joaquim Ferreira salienta que o investimento é muito gratificante. “O público sergipano gosta da música sergipana e as prefeituras e empresários estão tendo consciência disso. É preciso reconhecer os talentos da casa. Há vários grupos e cantores talentosíssimos por aqui”, destaca Joaquim.

Este ano, a banda Casaca de Couro apresenta o seu sexto CD – “Canta Casaca de Couro” - que é composto por músicas autorais e de compositores sergipanos, baianos, paraibanos e pernambucanos.

Comentários