Irah Caldeira: Uma mineira genuína, mas com o coração tipicamente pernambucano

Uma mineira genuína, mas com o coração tipicamente pernambucano. Dona de tantos talentos, o cantar foi o que mais se destacou. A mineira-pernambucana Irah Caldeira traz em suas composições influências de manifestações culturais de diversos estados brasileiros e de inúmeros gêneros musicais. Iniciou sua carreira musical na década de 90 ao deixar sua terra natal, Minas Gerais, e viajar pelo Norte/Nordeste brasileiro em busca de novos ritmos. No Maranhão, no Pará e na Bahia aprendeu vários ritmos folclóricos típicos da região. Mas foi em Pernambuco, anos depois, que decidiu fixar residência e desenvolveu um trabalho musical centrado na cultura popular nordestina.
Com uma qualidade impecável na escolha das músicas que compõe os CDs, obteve grande respeito da crítica especializada por aliar espontaneidade e técnica aos trabalhos.

Com um DVD e 12 CDs gravados, Irah Caldeira já gravou músicas de Aracílio Araújo, Alceu Valença, Nando Cordel, Maciel Melo, Xico Bizerra, Petrúcio Amorim, Socorro Lira e Flávia Wenceslau. Já participou de mais de 40 álbuns de diversos artistas, além de projetos como ‘Música de Pernambuco’, ‘Valsas Pernambucanas’, e ‘Forroboxote’. Em suas gravações já teve participação de Dominguinhos, Arlindo dos Oito Baixos, Santanna – O Cantador, Maciel Melo, Petrúcio Amorim, Camarão, Aurinha do Coco, dos repentistas Rogério Meneses e Raimundo Caetano, dentre outros.

Sem Segredo: No CD mais recente, intitulado ‘Sem Segredo’, Irah mostra toda a sua versatilidade ao cantar o forró tradicional colocando todo mundo pra dançar e também músicas românticas. O CD traz composições de Maciel Melo, Xico Bezerra, Alceu Valença, Aracílio Araújo, Silvério Pessoa, Flávio Leandro, Ermano Morais, Roberto Cruz, Flávia Wenceslau, Socorro Lira e Alcymar Monteiro. Neste CD, a cantora mostra os ritmos tradicionais de Pernambuco aliado à musicalidade mineira. O CD ‘Sem Segredo’ conta com participações de Gerlane Lops e Silvério Pessoa.

Em seus quase 14 anos de carreira, Irah tem alcançado o reconhecimento do público e da crítica. Prova disso, foi a premiação da Associação de Compositores de Pernambuco, que escolhe os melhores da música no estado. Irah Caldeira foi a vencedora nas categorias ‘Melhor DVD’ e ‘Melhor Cantora de Forró’, em 2009, ‘Melhor CD de Cultura Popular’, em 2010 e ‘Melhor CD de Forró’ em 2011 nas duas categorias: os votos de críticos e pela escolha popular. Com os títulos de cidadã recifense, pernambucana, caruaruense e tabirense, Irah Caldeira prova, com sua doçura e carisma, a artista competente que cativa, cada vez mais, públicos de toda parte do País.

Comentários