Estrela do Norte: defensor do forró puro de origem

José Alderir Alves da Costa, conhecido com o nome artístico ESTRELA DO NORTE, nasceu em Belém do Pará em 1980, viveu até sua juventude na cidade de Mãe do Rio, por isso se considera um mãeriense. Sua ligação com o Ceará é muito forte, já que é filho de cearenses e tem raízes no sertão de Maranguape. Começou sua ligação com a música aos nove anos, quando venceu um show de calouros, cantando Xote Ecológico, de Luiz Gonzaga - homenagem póstuma a Chico Mendes. Desde então, participou de vários outros concursos na região e conquistou alguns títulos.

Em 1998, adotou o nome artístico de Estrela do Norte, quando conheceu, ainda em Belém, o acordeonista Alexandre do Acordeom e recebeu o convite para integrar o Trio Juazeiro do Norte. Depois de cinco meses no grupo, Estrela do Norte saiu do Pará rumo a Fortaleza. Em 2001, fazia parte da banda Vaqueiros do Forró quando conheceu três amigos e juntos formaram o Pé de Moleque - forró pé de serra, sua verdadeira vocação. Permaneceu no grupo como vocalista e sócio por seis anos, até que foi convidado a integrar ao grupo do sanfoneiro Zé de Manú, onde seguiu como vocalista e empresário durante três anos e meio.

Estrela do Norte já gravou dois CDs. Seu primeiro trabalho cujo título é “Meu forró é de verdade!”, com as participações especiais, de Adelson Viana, David Valente e Zé de Manú e o segundo intitulado “Verdes Mares do Ceará” com composições de Pinto do Acordeon. Luiz Gonzaga, Jorge de Altinho, Rangel Jr, Jonas Alves, Flávio Wenceslau e do próprio cantor.

Já se apresentou por todo o interior cearense e outros estados, apresentando um vasto repertório de compositores e intérpretes nordestinos, como Luiz Gonzaga, Maciel Melo, Jorge de Altinho, Flavio Leandro, Flávio José, Dominguinhos, entre outros.

PALCOMP3 - http://palcomp3.com/estreladonorte/

Comentários