Xico Bizerra - Cidadão do Recife

Foto: Diário de Pernambuco
No dia 20 de agosto de 2010, às 10h, o compositor cearense Xico Bizerra estará recebendo o título de Cidadão do Recife na Câmara dos Vereadores pela contribuição cultural à comunidade recifense.

Texto na íntegra.

Câmara Municipal do Recife
Rua Princesa Isabel, nº 410, Boa Vista – 50050 – 450

JUSTIFICATIVA

Francisco José Bezerra de Carvalho, também conhecido como Xico Bizerra, morador de Pernambuco, radicado no Recife, nasceu no dia 04 de novembro de 1950, na cidade do Crato – CE, e desde os 14 anos compõe canções e poesias. Por ser uma pessoa tímida escondeu suas belas composições durante o período em que trabalhou no Banco, no qual passou 28 anos de sua vida sendo Inspetor do Banco Central.

Após o período trabalhado na parte burocrática, como o mesmo faz questão de citar em diversas entrevistas, Xico Bizerra humildemente declara que “prefere não cantar, deixando essa função para quem desempenha de forma mais competente.”

Xico Bizerra tem como ídolo e fonte de inspiração o saudoso Luiz Gonzaga. Por possuir raízes nordestinas, o amor e a riqueza pelos sertões fizeram com que esse grande compositor se apaixonasse pela beleza melódica e poética dos forrós pés-de-serra e atualmente faz de seu trabalho a alegria de muitos admiradores da música regional.

A capacidade produtiva, aliada à qualidade de sua obra, fez de Xico, inobstante a exigüidade da carreira, o compositor regional mais gravado nos últimos 3 anos. Cerca de 170 artistas, tanto nordestinos como de outras regiões, gravaram músicas do Poeta.

Em 1999 nasceu o projeto Forroboxote, criado por Xico, e desde então diversos interpretes gravam suas canções como Quinteto Violado, Dominguinhos, Flávio José, Marines, Santana, Maria Dapaz, Maciel Melo, Amelinha e Petrúcio Amorim, dentre outros nomes.

Xico Bizerra compõe suas letras com sensibilidade e competência e atualmente, no projeto Forroboxote, estão contabilizados 200 composições compreendendo cada uma delas diversos ritmos, mas sempre predominando a sanfona.

Desde 2003, Xico vem se dedicando a produzir cd’s temáticos. Seu quarto trabalho CANTADORES DA NAÇÃO DE ‘SEU’ LUIZ é uma homenagem a Luiz Gonzaga, Rei do Baião e inspirador maior de todos aqueles que fazem música regional nordestina. Antes, havia produzido outros três cd’s, destacando-se MULHERES CANTADEIRAS DE UMA NAÇÃO CHAMADA NORDESTE, também composto de 16 faixas interpretadas por grandes cantoras regionais e obtendo gratificante reconhecimento de público e de crítica.

No ano de 2006, surgiu o 5° volume do Forroboxote, intitulado ALMA SANFÔNICA, composto de 14 músicas de Xico – algumas em parceria, e nenhum forró. Nesse trabalho, Xico Bizerra mostra a beleza da sanfona em qualquer que seja o ritmo: tango, blues, fox-trote, samba, frevo, guarânia, enfim, onde tiver música a sanfona sempre estará bem colocada, demonstrando assim sua versatilidade de compositor, que embora apaixonado por forró pé-de-serra também vagueia por outros sons e ritmos.

Em comemoração aos 60 anos do baião, Xico promoveu seu 6º cd, DO REINO ENCANTADO DO NOVO EXU ÀS VEREDAS DO RESTO DO MUNDO E ADJACÊNCIAS no qual são contempladas 16 faixas da autoria de Xico,algumas em parceria, interpretadas por cantadores nascidos na região da Chapada do Araripe (Ceará/Pernambuco), a exemplo de Santanna, Flávio Leandro, Joquinha Gonzaga e Chiquinha Gonzaga, dentre outros. Xico utilizou neste trabalho o talento de 4 dos maiores sanfoneiros da região – Gennaro, Cezinha do Acordeon, Beto Hortis e Genival do Cedro, além de músicos do primeiro escalão pernambucano.

Em Projeto aprovado pelo Governo do Estado de Pernambuco, que se encarregou de distribuir o disco para utilização pedagógica por mais de 35.000 alunos da rede estadual de ensino, Xico Bizerra, em 2008 fez o SER TÃO CRIANÇA, disco com 12 faixas, se utilizando da temática regional, do ponto de vista musical e com uma poética totalmente voltada para o universo infantil. Por conta desse trabalho, Xico foi homenageado durante o período junino de 2008, por 8 escolas da rede privada pernambucana. O disco mereceu, mais uma vez, as mais generosas citações por parte da crítica especializada e o reconhecimento do público.

O cd n° 8, COM A SANFONA AGARRADA NO PEITO, presta reverência aos grandes nomes da Sanfona, a exemplo de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Sivuca, Osvaldinho, Gennaro, Camarão, Arlindo, dentre outros. Nas 15 faixas que compõem o trabalho, algumas delas em parceria, Xico Bizerra se vale de grandes intérpretes para homenagear os músicos: Dominguinhos, Liv Moraes, Santana, João Cláudio Moreno, Maciel Melo, Petrúcio Amorim, Nádia Maia, Irah Caldeira, dentre outros. Participações especiais complementam o disco: lá estão Maestro Spok, César Michilles e Luizinho Calixto.

No ano de 2002, o compositor Xico Bizerra lançou a música SE TU QUISER, que desde então já possui 74 regravações de Norte a Sul do Brasil. Vale ressaltar, também, a incursão de Xico por outros ritmos, tendo contribuído com músicas para discos de choros, valsas, além de ter participado do Festival de Frevo da Prefeitura do Recife, em 2006 e 2007, obtendo, nas oportunidades citadas, classificação de suas músicas entre os finalistas daqueles eventos.

Xico Bizerra é defensor da música nordestina e a fortalece, através do seu trabalho, no cenário musical pernambucano. A criação do projeto Forroboxote é uma grande oportunidade de viabilizar os cantores e cantoras, que inobstante tenham seu prestígio na região, reconhecimento pelo talento de cada um deles, são desconhecidos fora dali, dessa forma de divulgando a cultura nordestina para todo o país.

Diante relevante contribuição cultural do ilustre compositor e poeta Francisco Bizerra, conhecido popularmente como Xico Bizerra, peço as meus pares a aprovação por unanimidade deste Título Cidadão.

Comentários