segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Manga Rosa e Seus Manguitos

Célio Euzébio de Oliveira, ou melhor, o sanfoneiro Manga Rosa é recifense, mas passou toda sua infância em Ibateguara, interior de Alagoas, onde aprendeu a tocar o instrumento herdado do seu pai. Quando veio morar na capital pernambucana, ingressou tímido na no cenário do forró, mas logo fez amizades com artistas consagrados, como Luiz Gonzaga e Dominguinhos, chegando a fazer shows com esses dois grandes nomes da música nordestina.

Aos 30 anos, recebe o apelido de Manga Rosa, depois de realizar um show para o Coronel Caruá. “Ele me colocou este nome porque tinha a pele branca e rosada”, relembra. Com o nome artístico, ele formou o trio e veio tentar a sorte no Recife.

Há mais de 40 anos, virou referência entre os artistas locais que carregam a bandeira do autentico forró.  Gravou um CD intitulado “Manga Rosa e Seus Manguitos”, nome do grupo que o acompanha em seus eventos.

Artista apresenta com o trio pé de serra formado com sanfona, zabumba, triangulo e voz, como também com um grupo formado por sanfona, zabumba, triângulo, percussão, vozes e um casal de dançarinos dando um caldo a mais na apresentação.

O sanfoneiro demonstra em seus shows outros ritmos além do forró tradicional, tango, frevo  e bolero fazem parte de seu repertório que passeia por músicas de grandes compositores nordestinos, entre eles, Luiz Gonzaga, Marinês, Dominguinhos, Trio Nordestino entre outros artistas consagrados da geração.







Contatos: (81) 8750.7847 – Valda do Forró

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Meu Pajeú - Dominguinhos (Homenageia Floresta-PE e Ivan Ferraz)

Sopão Solidário – Há mais de 20 anos levando solidariedade a quem precisa

Em 1993 nasceu à iniciativa doar sempre aos domingos sopa aos mais necessitados pelo centro do Recife. O Sopão Solidário tem sede na Rua do Imperador próximo a Secretaria da Fazenda e é liderado por Antônio do Sopão que prepara os caldeirões de sopa e leva para as ruas, sempre com muita dedicação e carinho.

São servidos cerca de 30 a 40 copos de sopas em dois domingos, com um pão para complementar a refeição. Muitos se alimentam apenas desta doação por isso é um trabalho muito importante para a sociedade. 

Más para contemplarem mais necessitados e em todos os domingos, Antônio do Sopão precisa de mais donativos e de membros que doem seu tempo para a causa. O telefone da Casa do Sopão Solidário é o (81) 3429.6233.

Novos Lançamentos do Forró Xinelo Rasgado



Com 04 CDs gravados, o Forró Xinelo Rasgado acabou de lançar este ano o seu primeiro DVD gravado ao vivo no Pátio da Estação no Cabo de Santo Agostinho. O filme tem duração de 01h27m e conta com a participação do Véio Abidoral fazendo a abertura do DVD.

Você assiste na íntegra aqui:






Outro lançamento, é o quinto CD da carreira do grupo , também ao vivo, tem 17 faixas e contam com composições de Geraldinho Lins, Petrúcio Amorim, Jorge de Altinho, Os Nonatos e muito mais. E já está disponível para Download. Clique Aqui.

Listas de Músicas: 

01. Abertura
02. Amor Sincero (Geraldinho Lins)
03. Meu Dengo (Roberta Miranda)
04. Forró do Xenhenhém (Cecéu)
05. Chorar pra Quê (Petrúcio AMorim)
06. Forró Saculejado (Amazan)
07. Tá Virando Emprego (João Silva e Luiz Gonzaga)
08. É só você querer (Nando Cordel)
09. Linda (Jorge de Altinho)
10. Mudar Pra Quê (Os Nonatos)
11. Lembranças (Petrúcio Amorim e Jorge de Altinho)
12. Amor na Rede (sirano e Sirino)
13. Quando chega o verão (Dominguinhos e Abel Silva) 
14. Destino de um Vaqueiro (Dorgival Dantas) 
15. Mulher de 20 anos (Ronaldo Aboiador)
16. São João do Carneiro (Luiz Gonzaga)
17. Nem se despediu de mim (João Silva e Luiz Gonzaga)


A banda tem como principal formação Wellington Silva (Voz/Sanfona) e Aurineide (Voz), onde apresenta o melhor do pé de serra por onde passa!

Contrate para seu evento: (81) 8757.6252 / 9763.3261 
http://xinelorasgado.com.br/

"Amigo Velho": Falamansa volta com novo disco de inéditas após seis anos e propõe um forró sem beira nem fronteira

Do improvável encontro de três "alemães" paulistas e um experiente sanfoneiro pernambucano, 16 anos atrás, nasceu não apenas um dos grupos mais importantes de forró desde Luiz Gonzaga mas uma amizade que atravessou os anos e os acidentes no caminho intacta. "Falamansa existe graças aos quatro. Se fosse qualquer outro não teria dado certo", resume Tato, cantor, violonista e compositor da banda, que se completa com Alemão, na zabumba, Dezinho, no triângulo, e Valdir do Acordeom, na sanfona.

O clima de companheirismo e harmonia do quarteto não poderia ter melhor tradução do que "Amigo Velho", faixa-título e álbum que o Falamansa coloca nas prateleiras, lojas virtuais, rádios e festas de São João a partir de maio. Gravado no estúdio próprio do vocalista, no melhor estilo "tudo em casa", entre um churrasquinho e uma jam session, o novo disco de inéditas da banda (6º da carreira e 9º se considerados ao vivo e coletâneas) oferece flertes descompromissados com o folk, o country, o punk cigano e até o funk pancadão, sem perder de vista o inconfundível denominador comum da Falamansa: o forró pé-de-serra.

"Numa Festa de São João", terceira do disco, representa bem essa mistura de tradição com contemporaneidade. Abre num folk moderninho de violão capaz de fazer bonito em qualquer festival indie do mundo hoje, trilha de novela ou comercial de banco na TV, mas desemboca num gostoso xote cadenciado, daqueles de dançar agarradinho com a pessoa amada. "Dei um passo para trás e fui buscar a raiz mesmo. Se a volta do sucesso do folk fez as pessoas ficarem mais acostumadas a voz e violão, então por que não abandonar a bateria e apostar na sonoridade do trio [sanfona, triângulo e zabumba]?", sugere Tato. Por trás da aparente ingenuidade da canção, no entanto, está uma tentativa de trazer para primeiro plano nossa rica cultura de festas juninas - "Mais fortes que o Carnaval, na minha opinião" - e também “uma das progressões de acordes mais complexas que já fez na vida, gaba-se”.

"Cada vez mais vejo a gente como revolucionários. São 16 anos seguindo os mesmos princípios e indo na contramão dos modismos, dessa coisa da sacanagem, de simplificar tudo para teclado e voz", diz. Numa das principais alfinetadas nesse sentido, a faixa "Forró à Brasileira", decreta: "O forró não tem cor / Não tem raça / Não tem briga / E é da massa / Não tem pose, nem pirraça / Meu forró só tem amor". E no refrão: "Meu forró não tem beira, não / Meu forró não tem fronteira / Meu forró não é brincadeira / É da alma brasileira".

"Essa é a nossa carta de intenções. Somos nós de punhos cerrados", brinca, falando sério, o vocalista de 36 anos, fiel devoto da santíssima trindade do forró nordestino Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro e Dominguinhos.

Mas engana-se quem pensa que "Amigo Velho" é um disco combativo. Pelo contrário, o otimismo alto astral típico da Falamansa aparece em praticamente todas as faixas do disco - desde a autobiográfica "Um Novo Dia", que trata da superação de Tato após a retirada de um tumor cerebral em 2007, passando pela festeira "Quem Sou Eu?", que remete aos sons de cabaré do Gogol Bordelo, o arrasta-pé de duplo sentido "DDD" até a nada sutil "Me Dá Um Beijo". "Esse é o xote rasgado, de inspiração em Flávio José, com letra muito romântica. É a hora em que a gente tira sandália de couro e bota o pé na terra", recomenda.

E para quem não entender o recado em bom português, o quarteto preparou "Un Petit Peu Plus D’Amour", inspirada nas andanças que tem feito pela França, Suíça, Portugal, Itália, Inglaterra e Irlanda nos últimos cinco anos. "Já fomos duas vezes tocar em Paris e é incrível ver o quanto está crescendo lá o forró. O europeu está descobrindo, fazendo festivais, aulas de dança e até workshop de zabumba!", conta Tato. E arremata: "Hoje, o regional soa mundial."

Músicas: 
01. Um Novo Dia
02. Amigo Velho
03. Numa Festa de São João
04. Essa Música
05. DDD
06. Quem Sou Eu?
07. Minha Sorte
08. Me da Um Beijo
09. Forró a Brasileira
10. Un Petit Peu Plus D'amour11. Tudo Bem
12. O Bem Que Você Me Faz
13. Debutanaluta

Por:  Diego Assis

“Forró de Todos os Tempos” é o título do novo DVD de Benil

Gravado em abril de 2013, o atual DVD do forrozeiro foi gravado no Teatro Luiz Mendonça no Parque Dona Lindu em Boa Viagem no Recife com as participações especiais de André Rio, Geraldinho Lins, Bruno Lins, Luciano Magno, Petrúcio Amorim e Paulinho Leite. 

Um registro para marcar os 15 anos de carreira do jovem cantor! 

Seguem a Lista das Músicas:
01. Abertura
02. Vai Pegar Fogo
03. Chorar pra que? / Amor Sincero / Foi Bom Te Amar
04. Asa Partida
05. Quem Ama Perdoa
06. Viajar no teu céu
07. Lembrança de um beijo - Part. Geraldinho Lins
08. valeu / Me Dá Meu Coração
09. Me Faz Voar
10. Paixão Errada 
11. Vem ficar mais eu
12. Forró na Ladeira
13. Caldeirão do meu Nordeste - Part. Luciano Magno e Paulinho Leite
14. Respeita Januário/ Nem Se Despediu de Mim/ Orélia
15. Céu e Mar
16. Parou para pensar
17. Meu Cenário - Part. Petrúcio Amorim
18. Tá Querendo
19. Esquece Tudo
20. Tenho Sede - Part. André Rio
21. Meu Cantar - Part. Bruno Lins
22. Não lhe solto mais / A Capital do Forró
23. No Lume da Fogueira
24. Do Litoral ao Sertão

domingo, 10 de agosto de 2014

Ronaldo Aboiador lança CD católico de aboios

Ronaldo Figueiredo de Oliveira, ou melhor Ronaldo Aboiador nasceu no município de Palmeirina no dia 19 de abril de 1954. Foi criado na roça, onde exerceu a profissão de agricultor. E, apesar de haver estudado só até a quarta série do ensino fundamental, foi professor pelo Movimento Brasileiro de Alfabetização, o extinto Mobral.

Aos 14 anos, já havia se tornado um verdadeiro artista na arte do aboio. Mas, quando o locutor Reinaldo Belo o apresentou ao povo, cantando em um de seus programas, foi que ele ficou mais conhecido. Ao mesmo tempo, participava de diversos programas de rádio, televisão e festivais. Se tornou também figura permanente na Missa do Vaqueiro, em Serrita onde se apresenta todos os anos.

Em sua discografia, o artista conta com 3 LPs e quatro CDs, o primeiro gravado em 2000 “Festa de Vaquejada”, em 2002 com dois discos “Coletânea de 20 Anos de Forró” e “20 Anos de Aboio”. Agora em 2014, está lançando o seu mais novo CD intitulado de “Um Aboio de Fé” com 12 faixas com composições próprias e a participação especial de Ivan Ferraz na música “Ofertório”.

Lista de Músicas:

01.Abertura
02. Hino de Santo Antônio
03. Terço dos Homens
04. Agradecimento à Nossa Senhora
05. Homenagem a Frei Damião
06. Obrigado Meu Senhor
07. Homenagem às Mães
08. Sonhando com a Natureza
09. Quem Semeia Colherá
10. Homenagem a Dom Helder
11. Visitando o Juazeiro
12. Ofertório (Part. Ivan Ferraz) 

Você pode também fazer o download completo através do Link: SuaMusica.com/ForrozeirosPE

O disco também está á venda nas melhores lojas do ramo, no Espaço Cultural Dominguinhos todos os sábados ou pelos telefones: (81) 9613.3130 / 8881.3014.

Personalidades da música pernambucana participam do Clipe do grupo Trassamba

O novo clipe da música “Sou do Recife” dos compositores Arlindo Junior e Jaílson Nunes reuniu grandes nomes da música pernambucana no Restaurante Catamarã, centro da cidade do Recife.

Nomes como Diego Cabral e Tuca Versátil, Lia de Itamaracá, Selma do Cocô, Belo Xis, Maestro Ademir Araújo, Canibal, João do Morro, Zé Brown entre outros participaram da gravação do grupo Trassamba que mostra o Recife multicultural e no final do filme homenageia: Ariano Suassuna, Luiz Gonzaga, Chico Sciense, Bezerra da Silva e Reginaldo Rossi representantes da cultura nordestina.

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Casal do Forró lança empreendimento de lanches no Recife

Aurineide e Wellington, do Forró Xinelo Rasgado, lança o Sabor Nordestino – Sorveteria e Cafeteria, na Rua Dr. Benigno Jordão de Vasconcelos, 06B – Lagoa Encantada, Recife, em frente à Upa.

O Sabor Nordestino traz uma rica culinária de tortas, bolos, salgados, lanches, sopas e muito mais sempre com muita qualidade e um atendimento maravilhoso. Vá conhecer!

Encomendas e informações: (81) 8757.6252 / 9763.3261

Sanfoneiro Jó Silva lança nova Casa de Forró

A Casa de Show Bar da Piscina, localizada em Jaboatão dos Guararapes, vai abrir espaço para o forró todos os domingos. O novo point será comandado pelo sanfoneiro Jó Silva que vai receber vários convidados.

O pé de serra começa sempre às 17h e vai até às 22h. 

Serviço: Jó Silva e convidados

Onde: Bar da Piscina – Muribeca Rua – Jaboatão dos Guararapes // Após a integração, entrar a esquerda no trevo, segue em frente sentido Muribeca Rua.

Quanto: R$10

Informações: 9710.0692